Frota F-16


A SRI – Sociedade de Relojoaria Independente, Lda. criou 
uma série especial e exclusiva para assinalar os 20 anos da Frota F-16 
em Portugal: o relógio Junkers F16-151.

Trata-se de um relógio cujo mostrador foi personalizado com 
diversos símbolos alusivos à efeméride: o símbolo da Força 
Aérea Portuguesa às 12H00, a silhueta de um F-16 às 3H00 e a 
indicação “F-16 20 anos” às 9H00. O fundo da caixa, em aço,
foi também personalizado, neste caso com uma silhueta do
F-16 e a indicação “Fighting Falcon • 20 anos ao Serviço 
da Força Aéra Portuguesa • Monte Real”.

O relógio, fabricado na Alemanha, é baseado num movimento suíço 
Ronda Mastertech (calibre 6203.B) com duplo fuso horário, tendo
sido selecionado pela sua elegância e características únicas 
que o posicionam como a peça ideal para comemorar da melhor
forma esta efeméride.


Submarinos de Portugal






Para assinalar o centenário da entrada ao serviço dos primeiros 
submarinos em Portugal, foi criada uma série limitada da Junkers
com características únicas.

Além da personalização alusiva à efeméride, cada relógio é vendido
acompanhado de um lingote de aço muito especial, o qual foi retirado
do casco dos submarinos da classe Albacora, o último dos quais 
(o “Barracuda”) foi abatido em 2010, após a entrada ao serviço dos 
novos dois submarinos da Classe Tridente.

Este lingote foi cortado e polido na Base Naval de Lisboa, em Almada,
a partir da qual operam os submarinos da Marinha Portuguesa.
 

N.R.P Bartolomeu Dias



Esta edição limitada a 100 unidades foi criada para os membros da 
tripulação da fragata NRP Bartolomeu Dias (F333), a qual entrou ao 
serviço da Marinha Portuguesa em 2009.

A personalização do mostrador, particularmente original, inclui uma 
âncora na posição das 12 horas. O relógio possui movimento mecânico 
automático com data na posição das 3h00.

Mergulhadores da armada



Em 2013, os Mergulhadores da Armada Portuguesa comemoram 114 anos de 
existência e a SRI associou-se à efeméride com uma edição comemorativa
de um relógio de mergulho muito especial, resistente a pressões de até 
30 atmosferas – ou seja até 300 metros de profundidade.

A escolha do relógio foi feita após a realização de vários testes de 
estanquicidade pela própria Armada Portuguesa, que considerou igualmente 
como critérios de seleção a estética do relógio bem como a sua relação
preço/qualidade.

Das 114 unidades produzidas, um total de 80 relógios foram destinados 
aos Mergulhadores da Armada Portuguesa, estando as restantes 34 unidades 
disponíveis para venda ao público. 

Curso Melo e Castro



Esta série especial criada para o Curso Melo e Castro da Marinha Portuguesa
foi criada a partir de um belíssimo cronógrafo mecânico de carga manual da 
Junkers.

A personalização foi feita no mostrador bem como no vidro de observação do 
movimento e no anel em aço do fundo da caixa.

Helicópteros da Marinha Portuguesa





A Sociedade de Relojoaria Independente (SRI) apresenta mais um modelo especial 
para as Forças Armadas: o relógio Junkers 8152-20KH, que assinala os 20 anos e 
as 20.000 horas de voo da Esquadrilha de Helicópteros da Marinha Portuguesa.

O relógio foi produzido numa série numerada e limitada a 50 peças, das quais
estão disponíveis apenas 15 unidades para venda ao público. Os restantes
relógios foram já entregues aos militares da Esquadrilha de Helicópteros numa 
cerimónia realizada recentemente na base aérea do Montijo.

A SRI, que possui já uma longa história de criação de séries especiais para os
diferentes ramos das Forças Armadas, recorreu à Pointtec, empresa alemã detentora
da marca Junkers, para produzir o modelo 6152-20KH.

Fuzileiros



Esta série especial criada para os Fuzileiros cai muito para além da simples
personalização de um qualquer modelo existente. Este é um relógio efetivamente 
criado a pensar numa utilização prática, em que a função e a forma estão de
mãos dadas. 

A caixa em PVD preto evita reflexos que possam revelar a posição do seu proprietário;
a estanquidade até 200m garante um funcionamento sem problemas em qualquer situação;
a iluminação por trítio oferece uma leitura mesmo sem uma exposição prévia à luz; 
e a inclusão de braceletes em silicone e em pele permitem uma utilização tática mas
também em ocasiões cerimoniais.

Foram criadas duas versões: um cronógrafo com movimento de quartzo e um
“três ponteiros” com data automático.

Esquadra 501




Chama-se “Aviatis Aeromaster Professional Esq. 501 Bisontes FAP” a série limitada
a 50 unidades criada pela marca suíça Fortis para assinalar o 40.º aniversário da
Esquadra 501 Bisontes da Força Aérea Portuguesa.

A apresentação oficial do relógio foi feita no dia 16 de Setembro durante um evento 
comemorativo dos 40 anos da Esquadra 501 realizado na Base Aérea n.º 6, no Montijo,
a partir da qual os Bisontes operam os aviões Hercules C-130H.

A Fortis tem uma forte tradição entre os pilotos militares e civis de todo o mundo
e já há 10 anos tinha sido a marca escolhida para uma edição especial comemorativa 
dos 30 anos da Esquadra 501. Contudo, esta nova série é ainda mais especial: trata-se 
da primeira vez em todo o mundo que o novo modelo Aviatis Aeromaster Professional,
apresentado pela Fortis este ano durante a feira Baselworld, em Basileia, é objeto 
de uma edição especial limitada.


Esquadra 101



A SRI – Sociedade de Relojoaria Independente acaba de entregar aos pilotos
da Esquadra 101, na Base Aérea n.º 1, em Sintra, os relógios comemorativos dos 
25 anos de serviço dos aviões de treino Epsilon TB-30, que este mês ultrapassaram
as 86.000 horas de voo ao serviço da Força Aérea Portuguesa.

Os relógios, que receberam a referência 6820-5 Epsilon, foram criados pela SRI 
e pela Junkers numa série limitada de 50 unidades com um desenho personalizado
de acordo com os requisitos da Esquadra 101 (“Roncos”), que opera o Epsilon TB-30. 

A base usada foi o Junkers 6820-5, um cronógrafo mecânico automático que utiliza 
o movimento suíço ETA Valjoux 7750, na sua variação mais cobiçada, com dia e data 
às 3H00. Este modelo possui caixa em aço aeronáutico de 42mm com acabamento
antracite em PVD, mostrador luminoso branco-pérola protegido com vidro de safira
e fundo de observação em vidro.
 

Esquadra 601



Para a Esquadra 601 “Lobos”, a qual opera aeronaves Lockheed P-3P Orion, 
foram criadas duas edições especiais limitadas – uma de 50 exemplares e 
outra de 150 exemplares – a partir de cronógrafos mecânicos de carga manual.
 
Ambas as edições possuem o mesmo movimento, mas os relógios têm uma estética 
diferenciada, em resultado da utilização de caixas diferentes e de tamanho 
diferenciado.

Curso D.Fernando I



O relógio criado parra o Curso D. Fernando I da Escola Nova da Marinha 
Portuguesa é um bonito e elegante modelo Junkers com mostrador “open heart”
no qual é visível o balanço do seu mecanismo automático.

O fundo da caixa é em vidro, o qual permite a observação do movimento. 

Centro de Apoio à missão da Força Aérea Portuguesa



Para o Centro de Apoio à Missão da Força Aérea Portuguesa, a SRI criou uma 
edição especial limitada baseada num modelo Junkers com movimento cronógrafo
de quartzo. A decoração inclui motivos alusivos a esta instituição com a mesma 
cor (amarelo) da escala de minutos/segundos interior.

Este relógio possui a particularidade de incluir um bisel interior rotativo 
controlado por uma coroa na posição das 10 horas.

Centenário Aero Club de Portugal



Para comemorar o centenário do Aeroclube de Portugal, a SRI criou para os 
sócios desta entidade uma série especial repleta de simbolismo: produção 
limitada a 100 peças – tantos quantos os anos de existência do Aeroclube
e baseada num modelo Junkers, marca pioneira da aviação alemã, destinado
aos pioneiros da aviação em Portugal.

Cronógrafo mecânico de carga manual, vidro de safira, caixa em aço aeronáutico.

5ªEsquadrilha



Esta série especial foi criada pela SRI para a tripulação da 5.ª Esquadrilha
de Submarinos da Marinha Portuguesa, a qual opera os novos submersíveis da 
classe Tridente.

O relógio é um Vostok Europe Ekranoplan com resistência à À água até até 200
metros e indicador de 24 horas no mostrador – útil para uma tripulação que 
pode estar semanas a fio debaixo do mar sem ver o sol.

Centro de Formação Militar e Técnica da Força Aérea



A SRI, representante exclusivo para Portugal da Junkers, entregou no passado
dia 3, os dois relógios da marca especialmente criados para comemorar 
o 75.º aniversário da Base Aérea n.º 2, na Ota, hoje Centro de Formação Militar
e Técnica da Força Aérea (CFMTFA).

A Junkers esteve desde sempre ligada à base Aérea n.º2: a par dos Glocester 
Gladiator, os Junkers JU-52 e JU-86 foram os primeiros aviões a fazer parte das
unidades operacionais, em Abril de 1940. Por isso, a escolha para os relógios 
comemorativos dos 75 anos da BA2 dificilmente poderia ser outra que não esta: 
dois modelos da coleção JU-52 Cockpit da Junkers.

Curso C.M.G Fontoura da Costa



Esta edição especial limitada a 60 unidades é baseada num relógio mecânico
automático. A personalização inclui mostrador decorado e a Cruz de Cristo
vermelha serigrafa no fundo em vidro.

Curso C.M.G Henrique Lopes de Mendonça



No âmbito das comemorações do 25.º aniversário do Curso CMG Henrique Lopes
de Mendonça, foi criada uma série especial do relógio automático Junkers G38, 
com dia e data às 3h00. 
A personalização foi feita no mostrador e no anel de aço do fundo em vidro
para observação do movimento.